Condução e Acompanhamento de Obras (regime pós-laboral)

Apresentação

O diploma de técnico superior profissional confere uma qualificação caracterizada por contribuir para as boas práticas e qualidade da construção de forma autónoma ou em equipa, coordenando atividades de direção de obra e/ou de fiscalização, colaborando na organização e montagem de estaleiros, elaborando medições de obra, preparando planos de trabalho e cadernos de encargo, relacionados com a construção de edifícios correntes, assegurando a qualidade dos materiais e dos processos produtivos.

Objetivos

Pretende-se que os diplomados deste CTeSP adquiram as seguintes competências:

  • Planear e programar a realização de obras;
  • Elaborar cadernos de encargos e planos de trabalhos;
  • Coordenar o controlo de qualidade dos materiais e processos produtivos;
  • Acompanhar e fiscalizar a execução de obras de Construção Civil e Obras Públicas de forma a assegurar o cumprimento do projecto;
  • Acompanhar e supervisionar o trabalho da equipa da produção afecta à sua área de intervenção, com o fim de assegurar o cumprimento do plano de produção;
  • Organizar e implementar planos de Higiene e Segurança no Trabalho;
  • Apoiar a Direção de Obras.

Saídas profissionais

  • Entidades Públicas como Câmaras Municipais ou Serviços Municipalizados de Águas e Saneamento
  • Empresas de Engenharia Civil (incluindo Gabinetes de Projecto)
  • Empresas de prestação de serviços na área da Higiene Segurança no Trabalho (Construção)

Razões para a escolha do curso

  • Os Técnicos Profissionais em Condução e Acompanhamento de Obras adquirem competências que lhes permitem ingressar de imediato no mercado de trabalho. Estando aptos a efectuar a gestão de obras correntes e de complexidade intermédia e apoiar a gestão de obras de complexidade elevada.
  • Os diplomados deste CTeSP podem, alternativamente, aceder de modo directo a qualquer licenciatura das Escolas Superiores de Tecnologia (do Barreiro e de Setúbal) do Instituto Politécnico de Setúbal, com dispensa de prova de ingresso.

Plano de estudos

Plano de Estudos

Duração e total de créditos ECTS

120

Coordenador do curso

Brevemente disponível

Despacho de publicação em Diário da República

Diário da República, 2.ª série - N.º 184 - 22 de setembro de 2017

Propina anual

750 euros (consulte regulamentação de propinas)

Número de vagas proposto na criação do curso

30

Condições de acesso e ingresso

Podem candidatar-se:

  • Titulares do ensino secundário (regular ou profissional);
  • Titulares de CET, CTeSP ou Curso Superior;
  • Titulares das Provas para Maiores de 23 Anos.

Consulte aqui as condições de acesso específicas para o Regime Geral
Consulte aqui as condições de acesso específicas para o Regime de M23
Consulte aqui as condições de acesso a Mudança de Par Instituição/Curso e Reingresso

Pré-requisitos

Não aplicável

Outra informação

Lista de empresas com as quais foram celebrados protocolos de estágio:

  • António Carapinha Santos, Lda
  • Beiratagus, Sociedade de Construção, Lda
  • Câmara Municipal do Barreiro
  • Câmara Municipal da Moita
  • Câmara Municipal do Montijo
  • Câmara Municipal de Oeiras
  • Câmara Municipal de Sesimbra
  • Câmara Municipal de Setúbal
  • Catari Portugal
  • Enersado - Unipessoal, Lda
  • ETERMAR
  • Florêncio Dias Construção Civíl, Lda
  • Setezete - Projectos & Construções, Lda