Conservação e Reabilitação do Edificado

Apresentação

O mestrado em Conservação e Reabilitação do Edificado pretende dotar os formandos de competências especializadas para a realização de uma manutenção, conservação e reabilitação de edifícios de forma correta e sustentável, tendo em consideração a identidade do espaço, fatores históricos, arquitetónicos e de conceção, bem como sua integração urbana nos padrões de vida moderna e de conforto.
Esta formação superior integra opções científicas e pedagógicas essencialmente vocacionadas para as atuais exigências de qualificação no apoio à manutenção, conservação e reabilitação do edificado, apostando na promoção da:
Reabilitação Energética
Reabilitação Estrutural/ Sísmica.

Objetivos

É objetivo deste mestrado proporcionar a formação complementar necessária aos licenciados de 1.º ciclo de modo a poderem atingir os requisitos considerados como adequados ao desempenho profissional na área da manutenção, conservação e reabilitação de edifícios. Procura-se contribuir para o aumento da empregabilidade dos profissionais, disponibilizando formação especializada de modo a satisfazer as necessidades atuais do setor, com um ensino profissionalizante e através da incorporação de conteúdos ligados à eficiência energética, reabilitação sísmica, políticas de reabilitação urbana e programas de financiamento, bem como com o desenvolvimento de competências específicas na área da manutenção e conservação preventiva.

Saídas profissionais

O perfil profissional do mestre em Conservação e Reabilitação do Edificado está orientado para as seguintes atividades:

  • Consultoria na análise do desempenho das construções antigas e recentes;
  • Inspeção e diagnóstico de construções antigas e recentes;
  • Coordenação e realização de projetos de conservação, reabilitação e manutenção;

a desenvolver em:

  • Empresas de construção e obras públicas
  • Gabinetes de projeto, empresas de consultoria e de auditores
  • Serviços de administração central e local
  • Laboratórios de investigação e de desenvolvimento industrial

Razões para a escolha do curso

  • Perfil do curso flexível e ajustado às exigências do mercado de trabalho;
  • Funcionamento em b-learning;
  • Formação científica de base complementada com o desenvolvimento de uma componente prática forte;
  • Corpo docente qualificado que integra especialista de reconhecido mérito na área;
  • Qualidade das infra-estruturas da ESTBarreiro/IPS.

Plano de estudos

Plano de Estudos

Duração e total de créditos ECTS

100

Coordenador do curso

Maria Eugénia Santos

Despacho de publicação em Diário da República

despacho n.º 14184/2015

Propina anual

990 euros (consulte regulamentação de propinas)

Número de vagas proposto na criação do curso

30

Condições de acesso e ingresso

  • Titulares do grau de licenciado em licenciaturas de Engenharia Civil, Gestão da Construção, Conservação e Restauro ou Arquitetura;
  • Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado, naquelas áreas, de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;
  • Titulares do grau de licenciado em outras licenciaturas de Engenharia ou Ciências Exatas que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo Conselho Técnico-Científico da ESTBarreiro/IPS sob proposta da Comissão Científica do Mestrado em Conservação e Reabilitação do Edificado;
  • Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido para realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Técnico-Científico da ESTBarreiro/IPS, sob proposta da Comissão Científica do Mestrado em Conservação e Reabilitação do Edificado, de acordo com o art.º 17 do Dec.-Lei 107/2008.

Outras candidaturas

Unidades Curriculares Isoladas

Reconhecimento e Validação de Competências

Pré-requisitos

Não aplicável

Outra informação

Plano de estudos aprovado pelo Despacho 12261/2013 de 25 de setembro.
Regulamento dos Mestrados
Relatório A3ES
Sistema de Avaliação